Projeto que facilita navegação venceu 1º Prémio Regional de Empreendedorismo Alentejo Azul

Concurso premiou 5 ideias de negócio na área da economia azul.

30/03/2022

Projeto que facilita navegação venceu 1º Prémio Regional de Empreendedorismo Alentejo Azul

Rui Pratas conquistou o 1º lugar do Prémio Regional de Empreendedorismo Alentejo Azul com o projeto de desenvolvimento de um equipamento que torna a navegação mais fácil e intuitiva. A sessão que decorreu no dia 29 de Março em Beja atribuiu 5 prémios às melhores ideias de negócio na área do mar e dos recursos hídricos do Alentejo.


O projeto Trackbow, desenvolvido por Rui Pratas, acabou por arrecadar o 1º prémio no valor de 2500 euros, bem como um serviço de consultoria. Rui Pratas apresentou um equipamento que visa uma navegação mais fácil e segura, podendo ser usado na proteção e vigilância marítima. “Como navegador de recreio e programador informático identifiquei um problema em todas as viagens. Com base nos meus conhecimentos de navegação e de programação criei um equipamento que soluciona o problema”, explicou o vencedor no seu pitch, que conquistou o júri.


O projeto Sabão Fuga que visa a produção de sabão artesanal biológico com produtos autóctones, promovido por Pedro Pereira, classificou-se no 2º lugar e arrecadou um prémio de 1500 euros.


Já o projeto Adega do Mar, de Joaquim Parrinha, que tem como objetivo valorizar os vinhos portugueses no meio subaquático e promover as visitas aos turistas, conquistou o prémio de 1000 euros que estava reservado para o 3º lugar.


Distinguiram-se ainda duas menções honrosas: o Projeto Glamping Hills promovido por Inês Gouveia Santos e o Projeto Sal do Mira, promovido por Madalena Silva. O primeiro propõe uma ideia de Glamping onde cada utilizador tem um limite de consumo de água aceitável e sempre que exceder é avisado. O segundo visa a produção e comercialização de Salicórnia, uma planta de folhas verdes tolerante à água salgada.


Para além dos prémios pecuniários, os vencedores ganharam condições de acesso especiais à Incubadora de Empresas do Sines Tecnopolo durante 3 anos.


O Prémio Alentejo Azul apurou 18 ideias finalistas, mas apenas 14 acabaram por ser selecionados para realizarem o seu pitch. O júri foi constituído pela ADRAL, pelo Sines Tecnopolo, pela EDIA - Empresa de Desenvolvimento e Infraestruturas do Alqueva, S.A., pelas Câmaras de Santiago do Cacém e Portel e pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo.


1º Prémio Regional de Empreendedorismo destaca Economia Azul


Recorde-se que o Prémio Regional de Empreendedorismo visou estimular as cadeias de valor que são capazes de gerar emprego e crescimento sustentáveis na Economia Azul.


O Alentejo Azul é um projeto promovido pelo Sines Tecnopolo e pela ADRAL – Agência Desenvolvimento Regional do Alentejo, com cofinanciamento pelo Fundo Europeu do Desenvolvimento Regional no âmbito do programa ALENTEJO 2020. 


O Projeto Alentejo Azul teve como objetivo promover o empreendedorismo qualificado e criativo na região do Alentejo, através do apoio à exploração económica de novas ideias ligadas ao mar e aos recursos hídricos, incentivando e apoiando a criação e a consolidação de novas empresas nos domínios temáticos da RIS 3 Alentejo, favorecendo o desenvolvimento empresarial, potenciando o espírito empreendedor, incentivando a Inovação e a diversificação, como melhor caminho para contribuir para o desenvolvimento económico e melhoria competitiva das Região do Alentejo.


Saiba mais sobre o Projeto Alentejo Azul >